Jueves, 31 de mayo de 2007
de Maria Clara Segobia
para [email protected]

fecha 11-may-2007 15:27

asunto Dia das m?es

Adorei teus poemas, meu querido poeta. Envio alguns sobre m?e para tua
aprecia??o. Mesmo sendo homem, tens m?e. Um feliz dia das m?es ao lado dos
teus entes queridos. Com carinho,Maria Clara



Eterno reconhecimento



Faz tempo

n?o ou?o tua voz

tua presen?a marcante.

G?nio forte, determinada...


Faz tempo

tua aus?ncia

preenche meus pensamentos.


Agora, sendo m?e

sinto a veracidade de tuas palavras

na hora t?o tola, antiquadas.

Quando jovem ouvia.


Faz tempo

tuas palavras duras

frearam minha rebeldia.

Tuas palavras doces

Ensinaram-me a sentir amor.


Faz tempo

Mesmo ausente

Digo-te em pensamento:


Obrigado minha m?e

por teres me ensinado a ser m?e!


Filho perd?o



Neste dia consagrado

lembrando o amor de m?e.

Quero meu pai

pedir clem?ncia

pelos meus atos insanos

com aquele filho que nasceu

para ser amado.

Pela indiferen?a que o tratei

quando um conselho pediu.

N?o tinha tempo.

Pelas palavras proferidas

recalcando as minhas fraquezas humana.

Pelo ?lcool, droga , que ingeri

tendo-o no ventre para aliment?-lo.

Por culp?-lo no desenlace

depositando toda a culpa.

Por responsabiliz?-lo

naquilo que me ? de direito.

Por julgar que nada o afetaria

hoje vejo a resposta em teus atos.

Perd?o meu pai!

Por quer?-lo agora neste dia.

N?o o tendo mais,

perdeu-se na droga.
Publicado por PabloDeBiaggio @ 16:22  | Poemas Recibidos
Comentarios (0)  | Enviar
Comentarios